SEGUIDORES

8 de abril de 2011

Cidadania Através do Trabalho Voluntário


Este é o 4º Guest Post do Blog da Comentarista. Convidei o amigo Victor, do Blog Cidadania - Projetos Sociais - ONGs para fazer uma postagem e ele topou. E o assunto, amigos, interessa a todos aqueles que sonham com um país sem tantas desigualdades.

Dessa vez eu não vou aprofundar minha visão sobre este tema aqui neste espaço que está reservado para meu amigo Victor. Quem quiser conhecer minha visão sobre esta questão, é só acessar o link:
Voluntários - Essas Pessoas Especiais
.


SEGUE A POSTAGEM:
 

Seja Você um Voluntário


"O voluntariado vem crescendo a cada dia, a todo instante surgem pessoas interessadas em ajudar outras pessoas. Muitos desejam encontrar uma instituição, mas não sabem como, nesse ínterim, vários 
projetos sociais também procuram essa mão de obra tão essencial ao trabalho das ONGS.

Mas como um pode achar o outro? Às vezes bem pertinho de você, uma instituição esteja precisando da sua disposição e boa vontade, é só saber procurar. Na internet existem vários sites de voluntariado, procurando no Google fica mais fácil.
 

Eu conheço dois bons sites de voluntariado, um é o Portal do Voluntário, o outro é Planeta Voluntários. No Portal do Voluntário você se cadastra e entra para uma rede de voluntários do Brasil inteiro e ainda pode montar um blog, trocar idéias, fazer amizades.

Porque Fundar uma ONG?

Bom, muitos podem ser os motivos para se fundar uma ONG, mas não compactuo com nenhum ato escuso e penso que todos devem seguir por esse caminho. Todos devem estar cientes que esse trabalho é doação, que o que esta sendo feito é um ato de altruísmo, de amor ao seu semelhante.


Nada impede que no futuro, com projetos em andamento, alguns dos componentes da ONG venham receber algum pró-labore; mas nada que não seja de direito, de acordo com a função exercida e com os salários pagos na sua região.

Temos que ter em mente que uma ONG, não é uma tabua de salvação ou palanque eleitoral para aqueles que a fundam com essa intenção.


Fundar uma instituição é algo sério e de grande valor, um trabalho que dignifica. Nada mais gratificante do que ter seu trabalho reconhecido na comunidade, de encaminhar e dar opções de escolha para crianças e jovens que frequentam a sua instituição. Ensinar valores, dar dignidade e cidadania para todos."

Conheça mais sobre o meu convidado:

Sobre o Victor:

"Artista plástico, Ator e Educador social: Trabalhou com crianças em situação de risco social pela prefeitura do Rio de Janeiro (1998-1999).


Trabalhou em projetos sociais em Seropédica (2000-2007). Fundador da ONG CADECS - Centro de Assessoria e Desenvolvimento Cultural e Social - Seropédica (2000-2002). Fundador da ONG CECI – Centro Cultural Criança Cidadã – Seropédica (2002-2005).


Coordenador do curso de informática das ONGs CADECS e CECI (2000-2005). Sócio fundador do G.R.E.S. Maluco Belleza de Seropédica (2006). Sócio fundador do Projeto SOS Serra dos Mascates. Valença (2008)

Meu Trabalho no CECI

O CECI foi um trabalho social criado por mim em Seropédica. Esse trabalho foi fruto do amor, carinho e dedicação de pessoas, que realmente acreditavam no que estavam fazendo. Um trabalho que buscava a melhoria da auto-estima de crianças e adolescentes daquela comunidade e que tinha como meta mostrar que todos têm possibilidade de ter um futuro melhor.


Ter sido fundador do Centro Cultural Criança Cidadã e ter trabalhado com voluntários da melhor qualidade, foi a experiência mais enriquecedora da minha vida. Digo isso, por lembrar de um tempo em que fazíamos um trabalho de qualidade com dedicação e desprendimento.


Citar nomes não é o que importa, todos sem exceção sabem o que sinto e o que penso de cada uma das pessoas que dividiram seu tempo e seu amor com um trabalho que tinha o propósito de dar dignidade e cidadania a todas as crianças que frequentavam o CECI."

Visite o Blog do Victor e aproveite para tirar suas dúvidas sobre Voluntariado. Quem melhor para nos esclarecer do que alguém que soube transformar Ideais de Solidariedade em atos efetivos de Amor ao Próximo?

Depois disso, o que você está esperando para colocar a mão na massa? Esta é a pergunta que estou me fazendo neste exato momento...

35 comentários:

  1. Adorei Denise... sou voluntária na minha cidade com a casa Recanto do Carinho que acole e trata crianças soro positiva.
    É um trabalho edificante e rico em frutos!
    Beijo no coração

    ResponderExcluir
  2. Meu agradecimento especial para minha amiga Denize, por apresentar meu trabalho de maneira tão bonita. Bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá amiga Denize!
    Parabéns pela iniciativa de apresentar um trabalho tão bonito. Os projetos sociais, quando levados a sério como o do amigo Victor, são muito bem vindos e de grande utilidade para a sociedade.
    Sempre que possível procuro divulgar um trabalho de um grupo de socorristas voluntariado daqui (Anjos do Asfalto).
    Forte abraço, Fernandez.

    ResponderExcluir
  4. Que Post Fantástico!
    Amiga DENIZE, parabenizo-a pela nobre iniciativa em covidar o nosso amigo Victor, para fazer o Guest Post, sobre o voluntariado.
    De quando em quando eu dou uma passada no Site do Victor, e percebo que o seu trabalho desenvolvido é de grande relevância social.
    Quanto a mim, confesso que esbarro num problema chamado, agenda e viagens, razão de ainda não ter me dedicado ao voluntariado.
    Parabéns por mais um magnífico Post!

    Contagiou. Mexeu. Valeu.
    Abraços,
    LISON.

    ResponderExcluir
  5. Olá, Denize e Victor!

    Que bacana ver vocês dois reunidos para trazerem este ótimo guest post para nós! Já conheço e acompanho o que o Victor escreve no blog dele, então é ótimo vê-lo por aqui.

    A empresa em que trabalho desenvolve alguns trabalhos sociais no decorrer do ano, dos quais sempre procuro participar. Mas, assumo que ainda é pouco e poderia fazer mais.

    Textos como este são importantes para nos lembrar da importância que o voluntariado tem para ambos os lados, tanto para quem trabalha quanto para quem é beneficiado.

    Abraço a vocês!

    ResponderExcluir
  6. Fico admirando de longe o trabalho voluntário, crente que estou muito distante dessas pessoas que eu chamo de "mais acabadas" em um post que escrevi abordando o voluntariado. Pessoas que vivem em função não de seus probleminhas pessoais mas de causas enormes, universais, são verdadeiros seres humanos. Abordarei de novo o tema, senão para os outros para mim mesma. Não há nada que possa falar a essas pessoas, mas tenho muito a dizer a mim mesma e a outros como eu.

    ResponderExcluir
  7. Olá querida,amei seu cantinho,já estou seguindo vc!!!
    Ser voluntário não é um ato de caridade realizado nas horas vagas, é um exercício de solidariedade e de cidadania.

    Fica a minha admiração por tal atitude,beijos

    ResponderExcluir
  8. Parabéns Denize por esta iniciativa, duvulgar é dar conhecimento para os demais.
    Abraços forte

    ResponderExcluir
  9. Quando conheci o Victor, conheci pessoalmente tambem, mas conhecer alguém significa entender, para isso eu leio muito do que ele faz. Algo me identificou e fez com que eu tambem tivesse vontade de fazer mais. Claro, faço coisas diferentes, mas devo dizer que ele deu uma luz para eu seguir em frente com meus ideais.
    Eu admiro muito o que ele faz, procuro prestar atenção, para que o brilhante exemplo dele seja transformado na minha vida e de quem estiver perto.

    ResponderExcluir
  10. Sou voluntária em uma NPO que ajuda brasileiros em dificuldades e na assistência de um grupo Espírita Cristão, no Japão
    Ser voluntário é um trabalho gratificante!
    Não é pelo mero prazer de achar que cumpriu seu dever, que ajudou, muito menos pelo ego.
    No final, o que gratifica é você saber que aquela pessoa está feliz!
    Esta é a verdadeira demonstração de amor ao próximo.

    ResponderExcluir
  11. O mesmo posso dizer para você. Obrigado amiga. bjs

    ResponderExcluir
  12. Mais uma vez obrigado pela divulgação do meu trabalho.
    bj

    ResponderExcluir
  13. Parabéns aos dois: Denize e Victor... lindos os trabalhos de vocês, afinal, um apoia o outro e isso é amor ao próximo...

    Que essa força do trabalho voluntário cresça cada vez mais...
    Beijos e sucesso sempre!!!
    Lu

    ResponderExcluir
  14. Oi Denise,
    Parabéns pela iniciativa.
    Acompanho o trabalho do Victor pelo blog, e tenho por ele o maior respeito.
    Este espaço que você criou possibilita-nos conhecer melhor pessoas, trabalhos, ideias, planos de vida, etc...
    Muito bom.
    Victor, um abraço e sucesso.
    Denise, um beijo.

    ResponderExcluir
  15. Edificante o trabalho do Victor. O trabalho dos voluntários, quase sempre em background, deve sim ser homenageado e divulgado. Parabéns, Victor!

    Denize, parabéns a ti também, por teres criado este espaço, que nos permite conhecer e interagir com pessoas tão interessantes!

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  16. Eu sempre quis ser voluntário, quem sabe dar aulas de reforço matemática ou preletor em algum grupo de jovens. Mas, o que me dificulta a vida nesse sentido é o mesmo da maioria das pessoas: a falta de Tempo!
    Mas ainda vou organizar meu tempo a fim de contribuir como o próprio Victor e outros voluntários contribuem.
    Parabéns a você, Denize, pela iniciativa! Bjss!

    ResponderExcluir
  17. Lindo mesmo Amiga, fiquei feliz em ver esta homenagem, saber que tem pessoas como você que acreditam no trabalho voluntariado.
    Eu aqui em porto alegre estou querendo criar uma ong para cuidar de cachorros abandonados.
    Parabéns por este lindo post.
    Abraço fraterno e Muita Luz em seu caminho.

    ResponderExcluir
  18. Caros amigos,
    Tenho procurado trabalho voluntário,mas minhas atividades parecem não ser muito solicitadas.Uma vez fui à uma instituição e a única coisa que poderia fazer seria traduções do inglês para português, visto que era um trabalho que necessitavam.Não fui contactado possivelmente porque já deveria ter pessoal pra isso. Em todo caso poderia ajudar na alfabetização de adultos e(preferivelmente) contar estórias para crianças. Em tempo: sou aposentado e não sou jovem. Sempre ajudei com dinheiro(dizem que é a forma mais fácil)uma institutição idônea, mas gostaria de fazer mais. Meu email: anrtares980@yahoo.com.
    Felicidades,
    Cesar

    ResponderExcluir
  19. Oi Valéria, então estendo minha admiração a você desde já. Cuidar de crianças soropositvas, nossa, muito lindo! Bjs

    ResponderExcluir
  20. i Victor,

    Eu que agradeço, amigo, essa oportunidade de falar sobre Cidadania e Solidariedade no meu blog através de quem conhece muito este assunto.

    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Oi Fernandez, legal saber que você ajuda a divulgar o trabalho dos "Anjos do Asfalto". Esse tipo de exemplo deve ser sempre propagado.

    Acho que está na hora da gente parar de dar ibope ao que não faz sentido e não acrescenta nada e valorizar esse tipo de coisa que tem tanto poder de transformação.

    Bjs

    ResponderExcluir
  22. Oi Lison, para quem viaja muito realmente fica difícil de se engajar nun causa dessas. Mas sei que você deve dar seu jeito de contribuir de alguma forma...

    Abs

    ResponderExcluir
  23. Oi Adelson, se você participa ainda que considere pouco, está melhor do que eu, que ainda não consegui fazer nem isso.

    E você destacou uma coisa verdadeira: é uma prática que faz bem a todos os envolvidos.

    Bjs

    ResponderExcluir
  24. Oi Carla, pelo que li no seu comentário, acho que me sinto como você. Chega a dar inveja... Mas ao invés de ter inveja dessas pessoas tão especiais, eu deveria era arregaçar as mangas e me juntar a elas, bem sei...

    Faça mesmo uma postagem sobre isso. Nunca vai ser demais falar sobre voluntariado...

    Bjs

    ResponderExcluir
  25. Oi Sandra, seja sempre bem-vinda! Sua frase é perfeita. Voluntariado é muito mais que gestos isolados a favor do próximo. É uma atitude! Fica minha admiração também.

    Bjs

    ResponderExcluir
  26. Oi Príncipe, obrigada amigo! Abs

    ResponderExcluir
  27. Oi Sis, adorei sua participação aqui. E pelo que vi você conhece o Victor e seu trabalho bem mais do que eu. Pessoas como ele são inspiradoras, né? Então que possamos nos espelhar nos seus exemplos tão positivos e contribuir para a transformação desse nosso mundo num lugar melhor.

    Bjs

    ResponderExcluir
  28. Oi Leh, se sentir feliz com a felicidade alheia e não esperar nenhum tipo de agradecimento ou retorno é o que faz pessoas como você e o Victor tão especiais.

    A maioria de nós ainda vive cultivando o egoísmo por aqui, infelizmente...

    Bjs

    ResponderExcluir
  29. Oi Lu, obrigada!

    O Victor é um amigo virtual em quem percebo uma qualidade que aprecio nas pessoas: humildade. Pelo que tenho observado, geralmente pessoas que transformam palavras em Ação em prol dos outros e que conseguem enxergar além de si mesmas, têm essa característica.

    Te confesso que tenho uma certa inveja (eu sei que é feio ter inveja, mas às vezes não consigo evitar) delas, já que até hoje só consigo falar (e agora escrever) da minha admiração por essas criaturas tão especiais e abnegadas e fazer singelíssimos gestos "reais" em favor dos outos. O Egoísmo ainda impera por aqui, infelizmente.

    Depois que conheci esse amigo, nasceu essa "parceria" em forma de Guest Post e a oportunidade de divulgar seu blog juntamente com essa iniciativa que admiro tanto: o trabalho voluntário, que está na contramão do egoísmo e do individualismo que ainda preponderam neste nosso planeta.

    Esse é um trabalho que quero expandir cada vez mais.

    Se puder contribuir de alguma forma dentro das minhas limitações, vou ficar muito feliz.

    Bjs

    ResponderExcluir
  30. Oi Beth,

    Então somo duas. Também tenho muito respeito e admiração por este tipo de iniciativa e pelas pessoas que a promovem.

    E te agradeço o elogio sobre este meu espaço aqui.

    Bjs

    ResponderExcluir
  31. Oi Luísa, obrigada! Seus comentários como sempre destacam pontos interessantes. Você tem razão, os voluntários tendem a atuar anonimamente, não buscam holofotes ou elogios. E muitas vezes passam praticamente despercebidos.

    Claro, posso entender isso em função da humildade que citei antes, mas acho fundamental que este tipo de iniciativa seja divulgada, já que traz consigo uma coisa que me parece importantíssima: a força do exemplo.

    Então, no que depender de mim, vou sempre fazer alarde...

    Bjs

    ResponderExcluir
  32. Oi Ebrael, obrigada!

    Mas amigo, me identifiquei com teu comentário. Eu também sempre quis participar de uma atividade dessas e sempre achei que a minha grande dificuldade era a questão do tempo.

    Até que descobri por acaso, que um amigo que eu sabia que trabalhava muito, além de ter esposa e 3 filhos, também trabalhava como voluntário numa instituição.

    Lembro que perguntei a ele brincando: - mas que horas você faz isso: às 4 da manhã?

    Ele me respondeu rindo que dependendo da atividade a que você se propõe, um voluntário não precisa de horário, precisa apenas de vontade. E que ele dava o jeito dele.

    De qualquer forma me garantiu que sempre saía deste "trabalho" melhor do que quando entrou e que isso não só não atrapalhava, como ajudava nas suas outras atividades diárias.

    Dá o que pensar, não?

    Bjs

    ResponderExcluir
  33. Oi Ricardo, quer dizer que além da sua luta a favor dos nossos idosos você ainda quer agregar o cuidado com os cachorrinhos abandonados aí na nossa terra?

    Que Deus abençoe seus belos propósitos e também lhe traga muita luz no seu caminho.

    Grande Abraço

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante e esse espaço é seu. Aqui você pode concordar, discordar, ensinar, enfim, passar a sua visão e experiência de vida. E sempre procuro responder a todos.

Só tem um detalhe: comentários agressivos e com palavrões não serão publicados, porque vão de encontro à proposta deste blog, que é contribuir ainda que modestamente, para a Paz e Harmonia.

Desde já agradeço a atenção.