SEGUIDORES

8 de fevereiro de 2011

Você Gostaria de Encontrar Mais Qualidade na Internet?

Este comentário gira em torno de um tema que me parece muito importante de ser discutido: qualidade de conteúdo nos blogs e na internet de uma forma geral. E a excelente postagem que serviu de base para ele me deu muito o que pensar.

Ainda que tenha uma visão um pouquinho diferente nesta questão (como você verá no comentário abaixo), não tenho como não reconhecer que tenho meus critérios de qualidade e gostaria de ver cada vez mais postagens relevantes espalhadas por aí. E o fato de que algumas coisas estranhíssimas têm uma audiência inacreditável é outro ponto que jamais vai deixar de me espantar.

De qualquer forma, se não vejo problema algum em usarmos a Internet como fonte de diversão, também penso que não podemos ignorar seu potencial como ferramenta de informação e de interação entre as pessoas, a partir de um mundo virtual onde não existem fronteiras.

Defendo que as trocas de idéias e experiências embasadas em temas construtivos (sejam elas virtuais ou não), podem ser fatores de enriquecimento pessoal.

Penso que a Educação é o caminho para que possamos vir a ter uma transformação social efetiva. E a Internet tem que fazer parte disso. Quando a gente melhora como pessoa, o ambiente ao redor agradece.

Então que possamos ver cada vez mais blogs e sites com ótimos conteúdos (independente da forma, já que pode existir muita sabedoria na simplicidade) fazendo parte da Rede. Que eles possam ser também cada vez mais valorizados e divulgados.

E que as postagens lúdicas e divertidas possam igualmente ser bem-vindas. Afinal, rir faz um bem danado...

Segue o comentário:

Oi Roberto,

Cá estou fazendo minha visitinha costumeira ao teu excelente blog e me deparei com este texto. Adorei sua abordagem deste tema! E acho que tenho o que dizer sobre este assunto.

Concordo com você na questão da linguagem. Eu mesma optei pela informalidade na escrita porque não tenho a menor intenção de restringir leitores. Escrevo para mim e para as pessoas. Quero passar mensagens positivas, alegres, reflexivas, sei lá, e principalmente quero ser entendida sem dificuldades.

Acho que escrevo de forma razoável mais porque sempre gostei de ler e isso acaba sendo uma consequência, do que por qualquer outro motivo. E ainda assim tenho consciência de que muitas vezes maltrato a nossa Língua Potuguesa sem nem notar.

Acho sempre difíceis essas discussões sobre qualidade. A diversidade de gostos e preferências das pessoas é imensa e a internet é apenas um reflexo disso, com o agravante de que a gente nota que as pessoas tendem a navegar de uma forma bastante acelerada, entre um compromisso "real" e outro. E o que pode ser muito interessante para mim, pode ser completamente chato para o outro...

Penso que a Internet pede uma comunicação dinâmica, objetiva e acessível. Pelo menos é o que tenho observado nestes meus dois anos por estas paragens.

Quanto aos agregadores vou discordar um pouquinho. Tenho avaliado essa questão e cheguei a seguinte conclusão: alguns deles tem vocação de rede social e consequentemente giram em torno tanto das amizades e da busca de popularidade, como das postagens. Mas que ainda assim trazem visibilidade para nossos textos, trazem mesmo, além de comentários muito interessantes.

O "só visito se você visitar, só sigo se você seguir e só comento se você comentar" penso que ocorrem devido a esse contexto específico.

Mas acho que a vida real não é muito diferente disso. As pessoas se unem, seja por afinidade ou por interesse e se apoiam mutuamente. Quando a gente se afasta, o joio se separa do trigo e fica apenas o que era verdadeiro, ou seja, no caso dos blogs só aparecem aqueles que realmente gostam do que a gente escreve.

Quanto aos agregadores que simplesmente publicam links, a minha experiência me ensinou que também são ótimas fontes de visita. Tenho tido uma razoável aceitação das minhas postagens depois que passei a caprichar mais nos Títulos e Imagens(mas não, nunca usei nenhuma nem parecida com essas dos seus exemplos...rs). São estes dois ítens que atraem os cliques dos leitores.

Aprendi que eles tem um público específico, podem até priorizar postagens digamos assim, mais "divertidas", mas isso não impede que posts que informam, comovem ou fazem refletir sejam publicados. Mas como você pôde ver, a persistência é uma virtude...rs.

Ai, ai, fiz um post aqui. Mil perdões. Quando me empolgo num comentário de um texto que adorei e que me dá o que pensar, dá nisso, uma tragédia!!!...rsrs.

Bjs

Clique no link abaixo para ler a resposta do Autor nesta nossa pequena discordância e também seu excelente texto:

Autor: Carlos Roberto
Post a Que se Refere o Comentário: Seu Blog Tem Conteúdo?
Blog: Dando Pitacos

Essa é a minha opinião. Que tal deixar a sua?

19 comentários:

  1. Denize,
    Na internet tem tudo freaks, intelectuais, fashionistas, gente que finge saber de tudo , gente que sabe de tudo mesmo, poetas , gente legal , gente muito legal, gente chata, gente muito chata pessoas com vários nivéis de escolaridade diferente , não adianta eu exigir de um garotinho de 15 anos com seu bloguinho que ele fale de Friedrich Nietzsche. A gente encontra de tudo um mix "globalizado" e ainda bem por isso.Mais o que me aborrece , as vezes me deparo com um título interessante , vou ler é algo bem superficial que vc acaba não entendendo nada ou um post p/ lá de resumido
    :o( mais a gde maioria nem lê o q vc escreve principalmente se o post é grande . E confesso adoro uma porcaria na net rsrsrsrs . Acho que falei demais aff!!!
    Excelente post :o)
    XOXO

    ResponderExcluir
  2. Olá Denize querida!
    Bom inicialmente deixo claro que eu acredito sim que existe uma boa gama de informações de qualidade nesta imensa avalanche de informações que é a internet. A questão toda é conseguir acessar as boas informações e navegar com objetivo... pois navegar sem saber o que se quer certamente resultará no acesso a informações bobas potencialmente.
    Particularmente visito muitos sites e blogs que, na minha opinião, tem excelente conteúdo, mas são pouco visitados. E vejo outros de qualidade mediana (ou mesmo baixa) que são muito visitados. Com isto concluo que conteúdo bom existe, porém temos o problema da escolha (ou falta de objetivos ao navegar) dos internautas.
    Do lado de quem escreve, acredito que o bom conteúdo é valorizado sim com o tempo. Se você escrever, por exemplo, opiniões de qualidade sobre livros de filosofia certamente terá menos acesso que um site famoso que escreve de forma "meia-boca" sobre o assunto. Porém, provavelmente, quando um leitor que se interesse objetivamente sobre o assunto visitar o blog certamente voltará e divulgará o site para amigos com o mesmo interesse. Logo, creio que ao escrever sobre um assunto que gostamos pode-se ter 10 acessos contra 1000 de um site famoso, mas se os 10 acessos forem de pessoas que realmente gostam do assunto já vale a pena, pois formamos opiniões e trocamos ideias com pessoas de interesse comum.
    Acho que me empolguei no comentário... (risos)... bom, finalizo dizendo que concordo com o que falaste sobre a questão de gosto... pois mesmo existindo diversos "níveis" de informação e qualidades distintas, também sempre devemos nos lembrar que nem tudo que é qualidade para mim, será para os outros. ;-)
    Gostei do post minha amiga querida... faz refletir.
    Beijos, Fernandez.

    ResponderExcluir
  3. Oi minha querida escritora, adoro seu jeito de escrever, exatamente porque é leve, embora seja muito bem escrito, observando as bases da nossa língua, principalmente nos quisitos concordância e verbos!
    A internet não é diferente da vida real... temos todo tipo de pessoas por aqui.... uns mais sabidos, outros menos... E cada um destes atrai o publico lhe causa sinergia...
    existem textos maravilhosos na internet que não caem no gosto popular porque na maioria das vezes são temáticas que muitos nem tem conhecimento....
    As "porcarias" fazem sucesso porque são leves e na maioria das vezes aliviam a carga diária que já passamos na vida real.
    Existem sim os votos e comentários por amizade, mas afinal aqui é uma rede de ralacionamentos... não somos críticos especializados a avaliar um bom trabalho ou não... e sim pessoas que se relacionam e tentam entender a forma de expressão daqueles aos quais por atração nos relacionamos....
    Eu gosto da net pela diversidade de opiniões, interesses e jeito de ser.....
    Acho muito difícil o crivo da qualidade, que caso existisse seria baseado nas regras pessoais de alguém, ou de um público específico.... assim, tento é separar o joio do trigo dentro do meu gosto pessoal.....
    Beijusssssss

    ResponderExcluir
  4. Oi Renatinha, você tem toda a razão. A diversidade da internet é imensa, né? Até porque a diversidade humana também é. São tantas visões, trajetórias diferenciadas, gostos variados, graus de maturidade. Também gosto que seja assim. E adorei teus exemplos...rs. Eu tenho certeza que um post sobre "mecânica de foguetes" por mais qualidade que tivesse, seria de pouca utilidade para mim...

    Essa questão dos títulos exagerados que não correspondem a postagem e que visam atrair cliques, me parece um "tiro no pé". Assim que o leitor se "tocar", provavelmente não voltará mais.

    Eu não sei qual sua definição para "porcaria...rs", mas o que posso dizer é que eu particularmente gosto de ler algumas bobagens leves, principalmente depois de um dia chato. Inclusive escrevo algumas delas...Tem horas que simplesmente me recuso a qualquer tipo de seriedade ou reflexão.

    E entendo a sua colocação, a internet me parece mesmo exigir uma comunicação mais dinâmica, tem uma velocidade própria. Mas se tem muita gente que não lê, tem quem leia, já pude comprovar e acho que são esses que interessam para quem escreve, né? E se a pessoa não leu numa primeira vez, quem pode garantir que numa segunda vez não se interesse pelo tema tratado e acabe lendo?

    De qualquer forma, como disse na postagem, acho que não podemos desperdiçar o potencial da internet como ferramenta de Educação e que pode tornar por exemplo, a Arte e a Cultura mais acessíveis para todos.

    Sem falar na possibilidade de termos informação de qualidade sobre temas importantes e que afetam a todos nós. E sinceramente gostaria que esse tipo de tema fosse bem mais valorizado do que é hoje. Quanto mais conhecimento e informação, acredito que menos chance temos de sermos manipulados por pessoas com propósitos estranhíssimos.

    Seres humanos mais esclarecidos, seres humanos melhores, mundo melhor. Acho que é por aí...

    XOXO pra ti também...rs.

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi Fernandez, fiquei aqui lendo encantada teu comentário. Adorei!

    Concordo com você que existe muita coisa interessante na Rede e que cabe ao internauta "peneirar", separando o joio do trigo. Apenas acho que poderia ter muito mais e que esse conteúdo deveria ser mais divulgado e valorizado.

    Penso principalmente na nova geração que vem chegando (em plena formação da personalidade e definição de gostos) e que pode acabar sendo bombardeada por conteúdos menos construtivos.

    Num país onde existem tantas pessoas que ainda vivem à margem da Sociedade e onde Arte e Cultura são verdadeiros "luxos" para quem tem que priorizar a própria sobrevivência, vejo com bons olhos a Internet ir se tornando mais acessível. Por isso acho importante que sua utilização transcenda o lazer e ela se torne cada vez mais uma alavanca de desenvolvimento pessoal.

    Quanto ao que se refere à quantidade das visitas, acho que penso um pouquinho diferente de você. Acho importante a questão da divulgação porque na minha visão, atrair leitores é o primeiro passo para que você encontre seu verdadeiro público.

    A questão do retorno e da fidelização aí sim diz respeito à qualidade do conteúdo das postagens e a partir disso concordo com você. Escrever sobre coisas que gostamos e nos parecem interessantes para quem realmente se interessa pelos temas que tratamos, é tudo de bom.

    No meu caso específico, como tenho interesse em reflexões sobre o comportamento humano de uma forma geral (além das bobagens, é claro...rs) tenho percebido que meus visitantes independem de faixa etária, por exemplo. Por isso optei por uma comunicação direta e mais informal.

    Como você pode ver, gostei tanto do teu comentário que também me empolguei na resposta...rs.

    Te agradeço por também ter vindo enriquecer esta discussão com tua opinião, viu?

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. OLá queridíssima !!!

    Mais uma excelente e relevante postagem !!!
    A Internet é como o Mundo e a Vida, cheios de diversidades, coisas boas e ruins, sendo que devemos agir da mesma maneira que agimos no mundo não-virtual, focando em nossos interesses.
    Eu sou muito organizada em tudo e pra navegar também, sempre vou direto ao ponto quando quero determinado assunto, e tem dias em que uma postagem séria me dá nos nervos, preciso de algo bem idiota (idiota para mim, afinal pode ser bom para outras...), mas prefiro determinados assuntos e os espaços que gosto deixo nos favoritos. Mas isso não me impede de estar sempre buscando conhecimentos diferenciados e navegando sem rumo às vezes, e confesso que me espanto (assim como na vida...) com certas coisas.
    Mas é aquilo, né, como fiz o funk, Cada um no seu quadrado.
    Fico só um pouco apreensiva com a geração mais nova, mas aí depende muito da criação que tem em casa para saber desde cedo a peneirar.
    Não curto muito agregadores, só uso 1 porque na maioria das vezes não me trouxe nada além de visitas mudas ou anônimas de péssimo nível que não interagem ou interagem porcamente, então preferi me empenhar em fidelizar os leitores que realmente se identificaram com o espaço.
    Mas a Internet é ótima, cheia de informações incríveis, pessoas maravilhosas, basta que saibamos aproveitar o que ela tem de bom :)
    Adorei !!
    Um beijo

    ResponderExcluir
  7. Oi Valéria, achei muito interessante teu comentário. E não posso dizer que discordo dele.

    Realmente numa rede social, as amizades que fazemos tem um peso e tendemos a interagir em função de afinidades ou mesmo de interesses, penso como você.

    Mas o que quis destacar aqui, e neste ponto concordo com o Autor do texto, é que, embora não sejamos críticos especializados, a relevância ou não de determinados conteúdos algumas vezes é praticamente indiscutível. E a audiência que certas coisas alcançam é quase um mistério, pelo menos pra mim.

    Nesse sentido é que gostaria de ver essa ferramenta se transformar cada vez mais em um instrumento que leve Informação, Arte, Música, enfim, Cultura de uma forma geral e também entretenimento, é claro (ninguém é de ferro), para cada vez mais pessoas.

    E que ela seja portadora de uma maior quantidade de conteúdos que valorizem o positivo, o construtivo, um verdadeiro agente de paz e de progresso para as pessoas que navegam.

    Acredito que todos podemos contribuir para que isso ocorra, cada um a seu modo, cada um no seu estilo, dentro dessa imensa diversidade que como você, também acho muito interessante.

    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Belíssima postagem! Adorei o teu blog viu?

    Ah, estou te seguindo no diHITT e te adicionei também como amiga lá. Irei te seguir aqui também!

    Bjs e abraço!

    Espero que visite o meu blog :D

    ResponderExcluir
  9. Fico feliz, sem vaidade, e muito agradecido, com sinceridade, por você lembrar um trabalho meu no seu blog.

    Também acho, como diz a Renatinha, que "na internet tem tudo freaks, intelectuais, fashionistas, gente que finge saber de tudo, gente que sabe de tudo mesmo, poetas, gente legal, gente muito legal, gente chata, gente muito chata" e pessoas com níveis de escolaridade diferente.

    Mas a questão fica bem definida na resposta dada ao comentário da Valéria, onde você diz:

    "Acho que não podemos desperdiçar o potencial da internet como ferramenta de Educação e que pode tornar por exemplo, a Arte e a Cultura mais acessíveis para todos.

    Sem falar na possibilidade de termos informação de qualidade sobre temas importantes e que afetam a todos nós. E sinceramente gostaria que esse tipo de tema fosse bem mais valorizado do que é hoje. Quanto mais conhecimento e informação, acredito que menos chance temos de sermos manipulados por pessoas com propósitos estranhíssimos.

    Seres humanos mais esclarecidos, seres humanos melhores, mundo melhor. Acho que é por aí..."

    É isso que defendo: uma internet melhor para todos!

    Um beijão...

    ResponderExcluir
  10. Oi Sam, a "queridíssima" chegou atrasada mas cá está...rs.

    O mérito de trazer esse tema tão importante para discussão não é meu, mas sim do Autor do texto que comentei. E foi uma alegria poder trazê-lo para cá e divulgá-lo neste meu modesto Blog.

    Tenho recebido alguns elogios de leitores com relação a qualidade deste espaço e que obviamente nada tem a ver comigo, mas são o reconhecimento do talento dos Autores cujos posts tive a honra de comentar e divulgar aqui. E isso tem sido imensamente gratificante.

    Fico muito grata aos amigos, que como você, aqui vieram enriquecer essa postagem com seus maravilhosos comentários e partilhar suas experiências de internautas e blogueiros.

    Depois que fiz este comentário fiquei refletindo que, ainda que tenha discordado de alguns detalhes pontuais do post comentado, em essência não só concordo como também defendo o ponto de vista do Autor, no sentido de que venhamos a ter uma Internet cada vez melhor.

    Com relação ao seu comentário, vou destacar a minha inveja da sua organização. Porque ninguém merece ser dispersiva como eu. Já contei num texto que quando faço uma pesquisa na Internet, acabo clicando num link que não tem nada a ver e que me remete a uma página até interessante que por sua vez tem outro link e assim sucessivamente.

    O resultado é que 10 links depois me dou conta que estou lendo entusiasticamente um texto que até é bem legal, só que não tem nada a ver com o assunto que eu estava pesquisando e que nem sei mais que assunto era esse. Vida difícil...rs.

    Quanto aos agregadores e aos "amigos anônimos" sei bem a que se refere. Você também trata de temas referentes ao comportamento humano no seu blog (e faz isso muito bem por sinal) e como eu deve receber algumas reações desses "amigos". Tenho observado que alguns se identificam com certas críticas, ficam um tanto indignados e usam o anonimato para "desabafar"

    No começo confesso fiquei chocada com certas agressividades sem sentido, mas hoje já aprendi a ignorar solenemente. Mas ainda bem que são raros. E já recebi comentários anônimos excelentes que compensam com louvor a parte ruim.

    De qualquer forma, como disse antes, acho interessante a visibilidade que esses agregadores trazem. Escrevo para as pessoas e se de cada 1000 visitas que receber, o que escrevo puder ter sido útil para apenas uma, já me sinto muito feliz e recompensada.

    No mais, vejo como você, temos que aproveitar o que essa ferramenta tem de melhor, o que não faz sentido a gente deixa prá lá.

    Ah sim, e também penso como você, tem momentos que não me chame para reflexões, só me permito "abobrinha" da melhor qualidade...rs.

    Como sempre, adorei teu comentário e pronto, já me empolguei na resposta...

    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Pelo que tenho observado as pessoas querem textos curtos, por isso temos que praticar para sintetizar o que temos a dizer.

    ResponderExcluir
  12. Será que isto não varia de leitor para leitor?
    O que é bom ou não é, em termos de qualidade e o que eles desejam ler? Eu creio que cada um procure por aquilo que lhe satisfaz. Se o que lhe satisfaz, o que sacia sua necessidade, preenche seu ser, é ler sobre esportes é isso que ele írá ler, se for pornagrafia é isso que procurará, politica, ficção, humor, besteirol. Cada um procura por aquilo que lhe completa. Se olharmos bem, não sei se vão concordar, e também é uma analise inicial, os blogs de mais sucessos parecem ter um q de auto-ajuda, sempre mensagens positivas e gostosas de ler, eu leio.
    Todos os conteudos tem público, simplesmente porque existem maneiras diferentes de avaliar, o que tem qualidade, o que me completa e satisfaz, não é necessariamente o mesmo para você.

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Confesso que prefiro textos curtos!
    Primeiramente porque, normalmente, leio e acesso os blogs no trabalho! Então tem que ser tudo rapidinho mesmo! É óbvio, que ainda que curtos, aprecio textos com conteúdo!
    Mas baseado no que disse a Renatinha, do primeiro comentário, uma boa porcaria na net, de vez enquanto anima!! rsrs
    Tenha uma boa tarde!
    Denize, vou virar figurinha repetida aqui, hein!?
    bjO

    ResponderExcluir
  14. Oi Lord, obrigada viu? Seja sempre muito bem-vindo! Bjs

    ResponderExcluir
  15. Oi Roberto, fiquei muito feliz com a sua presença aqui. É sempre uma alegria quando recebo a visita do Autor do texto comentado.

    E como fica fácil perceber, discordamos em pequenos detalhes, mas em essência vejo como você: também gostaria de ver uma internet cada vez melhor.

    Abs

    ResponderExcluir
  16. Críticas e Polêmicas: Pois é amigo, tenho observado isso também. E confesso que para mim isso é uma dificuldade, meu poder de síntese é bastante restrito. Mas tenho tentado ser pelo menos, mais objetiva.

    Obrigada por participar aqui.

    Abs

    ResponderExcluir
  17. Oi Ademar, não posso dizer que discordo de você. Como eu disse no comentário, a diversidade de pessoas e gostos é imensa e acho que tem espaço para todo mundo.

    Mas que ainda assim esse tema permite uma reflexão, isso permite.

    Penso que, se somos bombardeados por coisas, digamos assim, menos edificantes, temos uma boa chance de acostumar e até gostar delas. E nem perceber as alternativas. Principalmente quando ainda estamos com a personalidade em formação.

    E por isso vou reiterar: a internet é uma ferramenta com tantas possiblidades que acho um desperdício que ela não transcenda o lazer.

    E gostaria muito que conteúdos "positivos" que nos favoreçam para que possamos nos tornar pessoas melhores, tivessem mais visibilidade e pudessem "bombar" também de vez em quando.

    Apenas isso.

    Adorei tua participação aqui. Obrigada, viu?

    Abs

    ResponderExcluir
  18. Oi Dany, penso que a maioria prefere textos curtos na internet. Mas eu também acho que alguns textos são escritos de forma tão interessante, que mesmo quando são longos parecem curtos...rs.

    E cá entre nós, eu também gosto de ler algumas coisas "sem noção" de vez em quando...rs.

    Seja sempre muito bem-vinda!

    Adorei tua participação!

    Bjs

    ResponderExcluir
  19. Muito legal seu blog e otimo, e muito criativo, se depois vocês quiser olhar o meu blog e dar a sua opnião eu ficarei muito grato: http://derlandreflexivo.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante e esse espaço é seu. Aqui você pode concordar, discordar, ensinar, enfim, passar a sua visão e experiência de vida. E sempre procuro responder a todos.

Só tem um detalhe: comentários agressivos e com palavrões não serão publicados, porque vão de encontro à proposta deste blog, que é contribuir ainda que modestamente, para a Paz e Harmonia.

Desde já agradeço a atenção.